Porque o que interessa mesmo é o convívio...

Oscilo entre servir-vos Magret de pato em travesseiro de crocante de manga e maçã caramelizada ou frango no churrasco com batata frita de pacote.

18 comentários:

tereza disse...

Venham os frangos Visconde. Sempre é menos arriscado...

(Magret de Pato só no George V! desculpe mas nem por si quebraria este meu hábito...)

shark disse...

De pato a Gaija do Norte não gosta e por isso eu veto de imediato.
E frango com churrasco é haute cuisine (num 15º andar, pelo menos...)

Wolve disse...

desculpem-me a expressão tão teenager (podem até martirizar-me depois num post exclusivamente acerca da decadência da geração) mas assenta aqui como uma meia negra de licra nas pernas da Jennifer Aniston:

rofl.

tereza disse...

Wolfe,
desculpa-me a expressão tão cota (podes até martirizar-me depois num comentário exclusivamente acerca da decadência da geração) mas assenta aqui como um laço preto de seda num smoking do Brad Pitt:

rofl???????

Visconde de Vila do Conde disse...

Wolve, rofl é uma espécie de lol, mas em bom, certo?...

tereza disse...

Visconde, simultâneos consigo são sempre um fenómeno estranho...

Visconde de Vila do Conde disse...

Tereza, Shark, considerem então o Magret de Pato absolutamente fora de questão.

(caramba, estive a ponto de preparar um prato que não vai bem com o palato da Jovem Senhora do Norte, até se me está a dar os nervos...)

Visconde de Vila do Conde disse...

Ora, Tereza, é um fenómeno estatísticamente comum, não se apoquente...

(pergunte a quem quiser...)

Wolve disse...

sinto-me tão tentado a responder-lhe, Visconde, com "ya"... (so mesmo para picar a chefa). Mas sim, é uma sigla que significa uma barrigada de riso.

@ tereza: sim, rofl. Lmao. primeiro leio um post em que se faz uma deliciosa alusão a um dos mais magnificos automoveis da historia, e de seguida... isto!
Sr. Visconde, quando for "gande" hei de escrever assim, como o Visconde.

tereza disse...

Visconde, de momento não me recordo de alguém a quem queira perguntar.

Gabs disse...

A minha filha diz que sou da geração X e ela da Y, leu não sei onde. O que quer dizer não sei, mas não digo "pá", "bestial", "gajos", por isso devo ser anos 90.

Anônimo disse...

magret? lacado com mel, alcaparras e tomilho?

hum

calamity jane disse...

Caríssimo, em tempos ouvi falar de bacalhau que, apesar de bichinho em vias de extinção, é de molde a agradar a gregos e troianos e até a cabras ditas vegetarianas como moi-même, e permite-lhe simultaneamente dar livre-curso a fantasias culinárias, isto para já não falar em camarões e definitivamente sem mencionar os já proverbiais revueltos de forma que se não fosse pedir demais, gostaria de rogar-lhe encarecidamente FRANGO NÃO, POR FAVORRRRRRRRR!!!!!!!!

Mente Quase Perigosa disse...

Wolve, agora é que fiquei verdadeiramente fascinada...

Rolf, ainda é como o outro, agora Jennifer Aniston???? Jennifer Aniston???? Esta geração está perdida...

Mente Quase Perigosa disse...

Visconde, O que interessa é o convivio? Quem é que lhe vendeu essa ideia?

Eu queria mesmo era comer uma refeição decente...

Wolve disse...

mente, ja viu o "separados de fresco"? Ela é genial nesse filme. E tem a sua piada... digo eu.

Mente Quase Perigosa disse...

Não posso dizer que tenha visto, Wolve.

Mas eu estava mesmo a falar como mulher. E com a imagem das meias pretas em mente.

Acho-a de uma beleza vulgar (quando digo vulgar é no sentido de ser possível encontrar 20 mulheres por dia tão ou mais bonitas que ela).

Wolve disse...

Concordo que não seja uma Giselle Bundschen, porque não é, mas a Giselle, coitadinha, só é bonita de boca fechada. É aí que encontro a piada da jennifer.

Mas de modo geral concordo com o ultimo comentário.