AVALON

A brisa morna da noite de Verão entrava pela janela aberta fazendo ondular a leve cortina branca e fazendo arrepiar a pele morena do corpo, nu, deitado de lado sobre a cama. Ele sentia os pequenos arrepios e interrogava-se onde ela andaria. Nos limbo que medeia o sono e a consciência sentiu a cama oscilar e sentiu-lhe o cheiro. O cheiro doce do corpo dela misturado com o cheiro de sabonete. O seu corpo semi-adormecido reagiu com violência ao cheiro que lhe era tão familiar mas ele não.

Sentiu um gemido rouco sair-lhe da garganta quando a língua húmida dela deslizou ao longo das suas costas e despertou por completo ao sentir os seus dentes roçarem ao de leve os seu ombro.

Virou-se para a abraçar e beijou-a com violência sentindo as línguas num duelo excitante e o cabelo húmido dela a percorrer-lhe a face. Ela gemeu o seu nome e ele soube que naquele momento ela poderia fazer o que quisesse dele porque ninguém nunca havia dito o nome dele dessa forma que mais parecia uma carícia para segundos depois a sentir morder a barba mal feita do seu queixo. A intensidade do prazer fê-lo agarrar as ancas dela com força e perante a súplica nos olhos dela, deslizou para dentro dela num encaixe perfeito. Viu sentar-se altiva em cima dele. Os olhos brilhantes fixos nele. A voz rouca que o incitava e o enlouquecia. Depois viu-a inclinar a cabeça para trás perdida num prazer primordial.

Quando o olhar de ambos se voltou a encontrar num vai e vem de ondas de prazer, ele soube que não estava mais no seu quarto. Estava num tempo muito distante e ela era uma feiticeira que o hipnotizava com o olhar que detinha toda a sabedoria e prazer do mundo. E depois já não era uma feiticeira nem ele um homem seduzido, eram antes um só; uma alma dividida por dois corpos e finalmente unia as suas duas partes. E depois eram milhares de fragmentos resultantes de uma explosão de estrelas. E depois era ela novamente ela e sussurrava incoerências ao seu ouvido e ele era novamente ele perdido nas incoerências que o prazer lhes ditava.

E quando as marés vivas da paixão eram lugar às águas serenas de um lago numa tarde de Verão e a cabeça dela estava sobre o seu peito e lhe sentia a respiração ainda irregular, soube que ela era tudo o que ele imaginara momentos atrás pelo simples motivo que ela era ela.

96 comentários:

sem-se-ver disse...

ahhhh era um post sobre um amor impossível!!

sem-se-ver disse...

(brinco, querida)

(agora esta coisa que toda a gente poe sempre de que os beijos têm que ser mordidos e violentos e lutas de linguas armadas em espadachins é que nao me convence muito...)

sem-se-ver disse...

(mas está muito bem. obrigada :) bom texto, erotica foto. olé!

sem-se-ver disse...

até que ja vou com as minhas fantasias todas aos pulinhos daqui pra cama... dormir, dormirrrr!!

Mente Quase Perigosa disse...

Minha cara, podes crer com todas as tuas forças que na minha MQP, a mordida no queixo e no ombro nada tinha de dentada, e as línguas em nada se assemelhavam a uma aula de esgrima.

Mas tendes que convir, que é dificil descrever a dança subtil de 2 línguas que se entrelaçam e deslizam entre si.

É dificil descrever um roçar de dentes de forma leve e arrepiante...

Tendes que convir...

(se calhar, devia tirar a Lola do armário que a Dory não é moça destes posts, pá...)

sem-se-ver disse...

peixinha,

reagi a isto: «Virou-se para a abraçar e beijou-a com violência»

:)

sem-se-ver disse...

mas inda n percebeste que eu sou a melhor da minha rua a mandar bitaites sobre os escritos dos outros e me quedo por aí?

donde, nao (me) ligues...

elle disse...

"viu sentar-se altiva em cima dele"

é lindo, pá!

elle disse...

ssv,



já voltou? :D

Mente Quase Perigosa disse...

Óhhhhhhhhhh Cheeeeeeeeefa??? Isto é mesmo a noite do sexo à séria? Posso responder à lá garder????

sem-se-ver disse...

(gardère)

nao sou a chefa, mas pro caso fico substituta: DEVES!!!

sem-se-ver disse...

elle,

fui ali buscar cigarros


(sorrisinho)

Mente Quase Perigosa disse...

SSV, violência numa cama não implica violência fisica. É mais no aspecto de fulgor, ânimo, impetuosidade.

Xavala, cá de onde eu me sento, em vale de lençóis vale tudo!!!

E tem que ter paixão que não sou mocinha de coisas mornas!

Mente Quase Perigosa disse...

(Pardon my french, SSV...)

;o)

Mente Quase Perigosa disse...

Elle, que mulher não se sente altiva quando assume o controle numa cama?

Mente Quase Perigosa disse...

(E a esta hora, estão 50 gaijos a olhar para esta caixinha como se fosse uma novela da TVI e a tirar apontamentos...)

sem-se-ver disse...

a que nao é altiva

sem-se-ver disse...

e entao nao uses 'violência', mas uma das outras que citaste.

abóbora.

Mente Quase Perigosa disse...

E há mulheres que não sejam altivas?

Há mulheres que não se sintam poderosas (ai carago que é hoje que sou despedida...) quando deixam um homem louco?

sem-se-ver disse...

há.

Mente Quase Perigosa disse...

Olha, abóbora, digo eu... Uma gaija aqui a esforçar-se porque a menina pediu e depois é a violência que não é boa, é o texto que está mal escrito... Bolas...

Ass: Calimero

:p

sem-se-ver disse...

(n'há nada, tou so a implicar contigo :D

elle disse...

e depois dos apontamentos vão aos pulinhos pra cama!


(buscar cigarrinhos)

Mente Quase Perigosa disse...

Tás aqui tás a ficar com sexo suspenso da minha parte durante 1 semana!!!!!

;o)

(É coisinha que nunca entendi... As gaijas põem os gaijos de castigo e fazem greve de sexo, certo? Mas isso também não é castigo para elas?)

sem-se-ver disse...

eu gostei do texto e disse-tooooo Qual calimera qual que, sua tonta!!

tens é que me dar um desconto que isto, alem de defeito profissional, é-o tb a nivel pessoal - «mas inda n percebeste que eu sou a melhor da minha rua a mandar bitaites sobre os escritos dos outros e me quedo por aí?

donde, nao (me) ligues...»

hein?

Mente Quase Perigosa disse...

Elle, lá dizia a Liz Taylor: "As 3 melhores coisas do mundo são um whisky antes e um cigarro depois."

Anônimo disse...

...pelo simples motivo que MQS era SSV

sem-se-ver disse...

porra que n ficou a minha resposta:


nao, pq se fazem greve é pq n gostam do sexo com ele e pt funciona é como um alivio do caraças usarem essa desc!!

Mente Quase Perigosa disse...

Não te apoquentes, que eu não tenho grandes problemas de auto-estima, SSV. Mas ouvi dizer que dar uma de Calimero é profícuo...

Eu, pessoalmente, ainda não vi nada...

sem-se-ver disse...

e voltam e tudo, elle... ei-las que voltam e tudo...

Mente Quase Perigosa disse...

E isso bem explicadinho dá o quê, Anónimo?

É que eu sou um bocado lerda...

sem-se-ver disse...

olha pra mim e nao desistas: calimerar dá sp resultado


olha olha, entao tu és eu? ou sera que MQS é um alter-ego teu que é eu? fascinante, tudo isto...

sem-se-ver disse...

voltando à cavalaria:


e quando o cavalo dá pinotes e a cavaleira vai parar ao meio do chao? isso sim, é cá uma curtição...

Anônimo disse...

Motel Paradise

- Oi, eu sou o Adão...
- Adão?
- É, Adão, o Peladão...
- Ah, sei, já ouvi falar...
Eu sou a Eva...
- Minha costela tá doendo...
- Heim?
- Nada não, deixa para lá...
- Bom: vamos começar, né?
- Claro...
O que que eu faço?
- Ele não te ensinou?
- Nem...
- Ah, sei lá...
Eu acho que você põe a mão nesses dois
montinhos bicudos aqui em cima...
- Assim?
- É... Mas pode largar a maçã, se quiser...
- Ah, é, desculpe... Tô um pouco nervoso... E agora?
- Não tenho certeza, mas acho que você gruda o lugar
com que você fala no meu e mete esse negócio
vermelho molão lá dentro...
- Achim?
- Credo! Que bafo de onça...
- Desculpe... Peraí que eu vou mastigar umas pétalas de flor...
Nham, nham, nham... Melhorou?
- Melhorou...
- E agora?
- Sei lá... Tem certeza que Ele
não te disse?
- Disse... Disse que era para
você fazer carinho nesse treco
pendurado aqui que ele cresce...
- Nem morta! Eu tenho nojo...
Além do mais, eu também tenho medo. Sei lá de que
tamanho fica esse bicho...
- Precisa ficar com medo, não... Aposto que é menor
que certas coisinhas que você já viu por aí...
- Tá insinuando o que, heim, moleque?!?
- Tô falando dessa cobra asquerosa que não larga do
teu pé...
- Vai catar coquinho, cabeça de melão...
- Escuta aqui, ô, Maria Costela... Vamos começar
logo o serviço porque eu não tô a fim de agüentar
piripaque de mina fresca.
- Maria Costela é esse buraquinho que você tem aí atrás...
- Vai, abre logo essas pernas...
- Vê lá como fala, heim, Zé Parreira...
- Peraí... Peraí... Ó, o bicho cresceu, viu?
- Olha só... quem diria... E ficou duro pacas...
Ai... E se doer?
- Não dói, não...
- Tá bom, então manda pau...
- Taí, gostei... Vamos chamar o treco pendurado de pau!
- Legal... E ela?
- O buracão?
O buracão a gente chama de caverna peluda...

- Muito romântico...
- Arghhh!!!!
- Que foi?
- Tá tudo melado aí dentro!!!
Não vou meter meu "pau" aí nem que a
vaca tussa...
- Saco!
Vou reclamar com Ele..
Aliás, sabe o que eu acho? Acho que você é um
tremendo gayzão!!!
- Gayzão? Que que é isso?
- É homem que gosta de homem...
- Cadê o outro homem, burra?
- É mesmo, fica difícil ser gay por aqui...
- Nossa! Olha aquilo!!!
- O que?

Clunca!

- Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!! Cafajeste!
Doeu viu...
- Relaxa, benzinho...
O pior já passou...
Olha, faz assim: quando eu for para cá,
você vai para lá... Quando eu for pra lá, você vem pra cá...
Tá bom?
- Tá...
- Então, vamos! Um, dois e...

Balança, balança, balança...

- Ai, Adão... Assim tá gostoso...
- Yes! Yes! Yes!
Hei! Para que serve esse negocinho aí em cima do
cavernão peludo?
- Não sei, mexe para ver...

Clica! Clica! Clica!

- Ai, mexe mais...
Não para! Não para! Não para!!!!!!!!!
- Não vo...vo... vo... vou... pa.. pa... pa...rar...
- Aaa...
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
- Ooo...
Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Pausa

- Ai, meu Deus do Céu... O que foi isso?
- Não sei, mas para mim foi bom demais...
Foi bom para você?
- Se foi...
Senti uma coisa estranha...
- Como o que?
Como se estivesse... no PARAÍSO...
- Pode crê!

Mente Quase Perigosa disse...

Mente Quase Sádica?

Mente Quantificadamente Séria?

Quem sou eu? Para onde vou?

elle disse...

oh valha-me Deus... as duas afinal são uma!!!





(como é que não descinfiei? sou mesmo lerda!!)

Mente Quase Perigosa disse...

Muito bonito, anónimo mas não nos clarifica quanto ao "motivo que MQS era SSV"...

Ou (lá está) eu sou mesmooooooooooooo muiiiiiiiiiiiiiiiito lerda...

elle disse...

* desconfiei

Mente Quase Perigosa disse...

Acho que afinal somos todas lerdas, Elle.

Bom que veio alguém prá elucidar, nóis, viu?

sem-se-ver disse...

mente quase sovina?

mente quase sensual?

mente quase sensivel?

(eh pa isto nao esta a correr bem)

mente quase safada?

(esta a melhorar...)

mente quase sardónica?

(upa upa)

mente quase sandália?

(eh pa, nao liguem, ja estou numa do jogo das palavras começadas por)

mente quase sapato?

(idem aspas)

mente quase sábia?

(hum... também nao)

mente quase Ssv?

É ISSO!!!

sem-se-ver disse...

mas nao é um pouco tarde para estarmos com charadas?

?

Mente Quase Perigosa disse...

Tu nunca me enganaste, SSV. Tu és esperta!!!!!!!!!

Ou serei eu que sou Quase esperta???

Mas tu és tu ou sou eu?

Mente Quase Perigosa disse...

Tu nunca me enganaste, SSV. Tu és esperta!!!!!!!!!

Ou serei eu que sou Quase esperta???

Mas tu és tu ou sou eu?

sem-se-ver disse...

eu sou tu sabes qd?

qd estou altiva sentada em cima dum gajo! tal como tu, pois nao é?

Mente Quase Perigosa disse...

Minha amiga, aí somos todas a mesma.

Unas e indivisíveis.

Até se me deu agora um afrontamento. Mas quem me manda ter imaginação gráfica...

sem-se-ver disse...

enigma esclarecido. prontoSSSS

vou dormir, altiva amiga-alma-gémea-inda-bem-que-nao-temos-os-mesmos-gostos-quanto-a-homens-senao-ia-dar-chatice-connosco-as-duas-a-querer-ser-cavaleiras-altivas-ao-mesmoo-tempo-acabava-tudo-ao-molho-assim-é-só-questão-de-nao-estarmos-ao-mesmo-tempo-com-o-nuno-marques-que-quanto-aos-outros-todos-nao-ha-problema-nenhum-que-estaremos-sempre-a-cavalgar-diferentes... cavalos, claro! muito amiguinhas de equitação que somos, não é?

dorme bem, querida.

Mente Quase Perigosa disse...

Tu também.

A ver se amanhã o anónimo nos esclarece.

Bjs

elle disse...

nuno marques??


posso cavalgar também?
(passou-me a dor de cabeça)

elle disse...

e prontessss,

assim se passou uma noite de sexo á séria!! tssss...

Mente Quase Perigosa disse...

Pois, pois... Dói-lhes tudo até ouvirem Nuno Marques. Deve ser santo o senhor... Cura tudo!!!!!

:p

(cala-te, Peixa Maria, que é hoje que és corrida ao pontapé pela Provedora do blóguiu...)

Mente Quase Perigosa disse...

A brincar, a brincar, Elle. Já vamos numa horinha non stop...

Isto é quase uma maratona.

bruce o abismado disse...

Mas qué isto, Peixa Maria???

Mente Quase Perigosa disse...

Deixa-me adivinhar, Abismado... Também tens problemas com beijos violentos e dentadas no queixo e nos ombros????

bruce o apaixonado disse...

Nenhum problema com isso!

tereza disse...

Ainda só dei uma vista de olhos que hoje tenho muito que fazer mas diz-me Peixa Maria, citando o Bruce, a falta de letras aqui e ali é efeito Visconde?

Mente Quase Perigosa disse...

Tu nunca me desiludes, Bruce.

Mente Quase Perigosa disse...

A falta de letras é no post? Já não consigo notá-la... Amanhã releio.

O Visconde também tem falta de qualquer coisa??? Queres falar???

calamity jane disse...

Eh lecas!!! E com esta me vou... de mansinho...

tereza disse...

Muito bom dia! E já li esta caixinha toda o que me deixa a pensar se terá acabado por hoje o meu sexo matinal.

sem-se-ver disse...

e tu andas desaparecida à noite e acordando tão cedo à conta de quê? sim, chefa, de quê?

tereza disse...

"Estava num tempo muito distante e ela era uma feiticeira que o hipnotizava com o olhar que detinha toda a sabedoria e prazer do mundo"

(e o que chove lá fora, já viste?)

sem-se-ver disse...

tsssss imenso! que Verão este...

tereza disse...

Ai já estamos no Verão? Ainda nem tinha reparado...

E tu, se mal pergunte, que fazes acordada estando de férias?

Mente Quase Perigosa disse...

Bolas, caiu tudo da cama????

Sexo à noite e cedo erguer, dá saúde e faz crescer...

tereza disse...

(psst, Peixa, olha o tempo do verbo...)

Mente Quase Perigosa disse...

(qual verbo? Tu ajuda-me, mulher que deixei os neurónios em casa!!!!)

tereza disse...

(fazer, peixa, fazer. pretérito perfeito seria mais adequado)

Mente Quase Perigosa disse...

Sexo à noite e cedo erguer, dá saúde e fazer crescer????????

tereza disse...

Verbo Fazer, Peixa Maria. Verbo Fazer... ora reformula lá a frase com o "fez" adequado...

(ai gaija, tu queres que te empreste dois livrinhos muito interessantes e úteis?)

Mente Quase Perigosa disse...

Sexo à noite e cedo erguer, dá saúde e fez crescer?

(não, deixa. Já tenho a minha quota certa de livros para ler...)

tereza disse...

Até que enfim que lá chegaste. Seria da brejeirice da piada?

(ai tens? e queres falar?)

sem-se-ver disse...

pq acordei às 8 menos 20 com a luz no quarto (durmo sempre com persianas e janelas abertas no Verão) e depois já não consegui adormecer :-(

tereza disse...

Noiva da Cidade?

sem-se-ver disse...

e sem ninguém para me cantar o boi da cara preta...

tereza disse...

Eu conheço um duo, que tu já ouviste, mas não sei se será recomendável...

sem-se-ver disse...

cof cof

tereza disse...

Apanhaste uma corrente de ar? Janela aberta é o que dá...

Mente Quase Perigosa disse...

Olha, mas estava fresquinho!

sem-se-ver disse...

o que é óptimo, tendo em conta que sou uma mulher quente.

O Santo disse...

eu recebi um dia destes uma revista... vou reler de ponta a ponta a ver se encontro la alguma coisa que seja interessante po post em causa... te ja

Mente Quase Perigosa disse...

Santinho, aquela revista de desporto? Olha que é capaz de ser produtivo por aqui qualquer coisita saída de lá... Digo eu que não percebo nada de futebol...

tereza disse...

Tás a falar da Playboy? Daquela revista que apareceu numa fotografia nas mãos do Senhor Visconde mas que era do Santo? Tu não queres que as tuas comentadoras saibam que andas a ler essas coisas?
Tss Tss Tss

Mente Quase Perigosa disse...

Eu tentei ser discreta, Santo...

tereza disse...

Eu não mas deve ser uma febre qualquer que se me chegou. Hoje só me apetece ser indiscreta.

sem-se-ver disse...

hum. how promising, tereza... (ler o teu nome à inglesa sff)

Mente Quase Perigosa disse...

Fear... Much fear...

tereza disse...

Não posso, SSV... não me deixam... mas olha que isto hoje está bom...)

tereza disse...

Peixinha sempre podes fazer companhia à Lola debaixo da cama... ouvi dizer que dá para duas...

AnaT disse...

Bem esta caixa vai muito longa, mas espero que me perdoes Mente mas qdo comecei a ler pensei que era mais um dos magníficos posts do Shark... mas não fiques triste pela confusão pq tb serve de elogio!

Mente Quase Perigosa disse...

(Ai que o Bruce dá-me cabo do canastro, AnaT...)

Mente Quase Perigosa disse...

Barbatana lateral direita, done...

Barbatana lateral esquerda, done...

tereza disse...

Tu ainda um dia vais ter problemas de reumatismo, ai vais vais...

Mente Quase Perigosa disse...

Acho que tenho que pôr na porta do frigorifico o recadinho que dei um dia à Gaija...

tereza disse...

Também andas armada em contorcionista chinesa?

Mente Quase Perigosa disse...

Desconfio que se não ando, imito bem.

AnaT disse...

Não vai nada Mente... vais ver ainda fica orgulhoso de ter uma colega Cabra assim!