THE SHOW MUST GO ON

Recebi o recorte de jornal anexo para pouco minutos depois, o nosso informático de serviço desmistificar a coisa.

Aparentemente, esta notícia corre o mundo e surge de tempos a tempos num qualquer jornal em diversos países. A lenda deu mesmo nome a um livro do autor Alex Boese que, aparentemente, dedica a sua vida a estudar mitos urbanos que compilou neste livro.

A minha questão é: e continuamos a chamar-lhes mitos urbanos? Estes que não calcorreiam as ruas das cidades mas antes surfam as ondas da net?

25 comentários:

tereza disse...

És a Branca de Neve?

Mente Quase Perigosa disse...

POr acaso, sou. Só que não durmo em serviço porque não gosto de maçãs!

também é um mito, mais pró rural mas é disse...

E sempre é verdade aquela cena da Branca de Neve aviar os sete na noite em que lá ficou a dormir?

Mente Quase Perigosa disse...

Depende da definição concreta do 'aviar'. Se estamos a falar de aviar enxertos de porradinha da boa, hoje sou boa moça para isso...

bruce o estupefacto disse...

Tu??? Eu estava mesmo a falar da outra, a sonsinha das canções de embalar...

Mente Quase Perigosa disse...

Eu tinha acabado de me assumir como Branca de Neve e tu 'amandas' aquela!!!

A Outra Sonsa? Não queres que eu te fale da sonsa pois não? Sabes lá a histórias que eu te podia contar...

bruce o trôpego disse...

Pois, é cada cavadela cada minhoca...
Hoje não acerto uma.
Acho que vou remeter-me ao oblívio por hoje...

Bacantes disse...

Mitos urbanos. Ainda me lembro de um amigo meu que disse que orgasmo feminino era um mito, porque já tinha "comido" muitas mulheres e nunca nenhuma teve um orgasmo.
Digam lá se conhecem alguém com mais confiança em si próprio?
Almancil

tereza disse...

Eu conheço-te, Bacante?

(um amigo...tss tsss...)

gaija do norte disse...

aqueles dois ali em cima estão a falar de quem? só conheço a choca!

tereza disse...

Conheces cada gente, gaija.

Mente Quase Perigosa disse...

Bruce, tu podes remeter-te para donde quiseres. Desde que não ameaces sair da minha vida e do meu coraçanito, tudo bem!!!

Mente Quase Perigosa disse...

(Eu conheço-o, Almancil?)

Mente Quase Perigosa disse...

De facto, Gaija... Gente estranhissima... É cá com cada bicheza...

Bacantes disse...

Se me conhecem?
A mente quase perigosa, sim. Os outros acho que sim. Se não conhecem, muito prazer. Sou o Almancil. Tal vai essa saúde?
Almancil

tereza disse...

Olá vizinho!

Mente Quase Perigosa disse...

Eu quero é saber se conheço o teu amigo que prima pela incapacidade de dar prazer a mulheres. Só para me rir para dentro quando olhar para ele...

:p

Bacantes disse...

Tereza: Era um amigo, sim senhor. Eu sei que as mulheres têm orgasmos.
Como?
Porque já me contaram.
Eheheheh
Almancil

Mente Quase Perigosa disse...

(ai o meu rico menino no curral...)

tereza, o rapaz, pelo menos, sabe a teoria. É como o código postal: meio caminho andado...

tereza disse...

Pois olha peixinha, eu não sei se queria ser amiga do amigo dele...

(ai tu conheces? temos de falar...)

Bacantes disse...

Antes ser como o código postal do que como o motorista: sabe onde ficam os sítios, mas nunca lá entra.
Almancil

tereza disse...

Mas, já agora ó Almancil, as Bacantes não eram mulheres?

Bacantes disse...

Neste caso, são "Os Bacantes".
O deus Baco é para todos. As vezes que ele guiou-me até casa.
É a vida.
Almancil

tereza disse...

Eu dou-me melhor com o Dionísio.

bse, bem fresco disse...

Já eu é com o Zé Maria (da Fonseca).