De sexo não percebo nada...

O assunto já foi abordado nas caixinhas, mas a convivência tem destas coisas e agora também gosto de tudo muito certinho e bem esclarecido. Além do mais, o assunto é de suma importância e sabem como gosto de me debruçar sobre as grandes questões da humanidade…

Tenho constatado que há pequenos quês de gaija a que os gaijos não se habituam, não percebem ou fazem de conta (que eu de gaijos também não percebo grande coisa…), e nunca vou entender onde é que foram buscar o hábito de conversar depois de passar horas na trongalhonguice (não encontrei vocábulo mais adequado para a hora!). Uma gaija está ali em exercício físico intenso, vira daqui, vira dali, perna para cima, perna para baixo, a arfar, a contorcer-se, a tentar que os ligamentos resistam, a controlar a pressão sobre a clavícula, a desviar as costas daquele joelho que se convenceu que a lombar era o local certo para aterrar, a cerrar as pálpebras para que os olhinhos não saiam das órbitas quando o cabelo fica preso, a memorizar onde se situam cada um dos membros para voltar a colocar tudo em ordem… e quando finalmente nos é permitido o merecido descanso, os gaijos querem conversa! De onde saiu este tipo de gente? Já ouvi de alguns que “faz parte” e que é pelas gaijas que o fazem porque é esse o comportamento que esperam de um cavalheiro. Cavalheiro? Um gaijo que fez de nós gato-sapato, que transpirou como se andasse a correr cinco (ou seis ou sete, sei lá) maratonas, que disse o que os meus ouvidos não ouviram porque não tinha tempo para corar, um cavalheiro???

Confesso que não conservo na memória se alguma vez passei por semelhante suplício. Sei que uma vez ouvi qualquer coisa, sorri e disse “tá bem”, mas não faço a mais pálida ideia ao que estava a responder!

47 comentários:

tereza disse...

(podes acrescentar uma perna ainda meio partida às outras mazelas todas?)

Mas eu também nem faço ideia do que estarás a falar...

AnaT disse...

tás a falar de quê? o que é "trongalhonguice"?

Mente Quase Perigosa disse...

Embora eu não saiba do que falas e o pouco que sei é o que li nos livros, tou prestes a mandar fazer uma t-shirt com a frase da etiqueta!!!

sem-se-ver disse...

qual suplício? o de quererem conv a seguir ou o da própria sessão de tortura que aqui descreveste?

tereza disse...

(eu espero pela resposta na caixa do Senhor Tubarão que ele lá está a servir minis e rissóis...)

sem-se-ver disse...

(trongalhonguice é liiiindo!)

Mente Quase Perigosa disse...

(Mas fiz-te lá uma pergunta e ainda estou à espera da resposta...)

tereza disse...

(mandas fazer mais ou a Xica pinta comás outras?)

Mente Quase Perigosa disse...

(pinta mas com outras canetas que eu gosto da roupa lavadinha. Aquela vou vesti-la à Kitty da mesinha de cabeceira)

gaija do norte disse...

nem imagino que estas coisas aconteçam com uma perna às costas! como se faz? ata-se um baraço que entra na roldana do tecto?

gaija do norte disse...

ana t, não sei. não percebo nada do que estou a falar...

sem-se-ver disse...

(esqueci-me de dizer: olá gaija, saudades de posts teus :)

gaija do norte disse...

nunca viste filmes de aventuras, peixa?

Mente Quase Perigosa disse...

Vi o Indiana Jones. Conta?

gaija do norte disse...

olá, ssv :)

ai aquilo é uma sessão de tortura? nunca tinha percebido porque é que elas gritam tanto e fazem aquelas expressões de sofrimento... tá explicado!

sem-se-ver disse...

filha, escuso-me de te citar!

mas que ficou explicada tanta gritaria, lá isso ficou :D


(esqueci de dizer tb que me fartei de rir com o teu post :)

AnaT disse...

Ao menos aqui quem não sabe sp vai aprendendo umas coisitas... mas tortura não obrigada... acho que prefiro continuar ignorante!

sem-se-ver disse...

(e sendo que mal por mal que venham 'cavalheiros' destes conversadores do que os que desatam a ressonar ao fim da primeira)

gaija do norte disse...

estou contigo, ssv. é que estes cavalheiros fazem o que se impõe e mesmo que depois fiquem a falar sozinhos, nunca deixam de o ser.

gaija do norte disse...

ó peixa maria, não era bem esse... não viste o exorcista, por exemplo?

(gaita, não me faças muitas perguntas!)

sem-se-ver disse...

ahahahah (tua resposta à peixa)

tereza disse...

querias dizer baraço ou embaraço, gaija?

Mente Quase Perigosa disse...

Carago, Pá!!!!

A Chefa é minha testemunha que eu hoje não tenho capacidade neuronistica para mais...

gaija do norte disse...

o baraço, a guita, tanto faz!

(embaraço onde?)

sem-se-ver disse...

olha, e no meio disto tudo tens estudado alguma coisa pro exame de 6f?

sem-se-ver disse...

em nao conseguires ouvir o que gajo está prali a querer conversar.

so pode ser esse.

Mente Quase Perigosa disse...

Que claro que tenho estudado.

Tenho estudado muito mais do que a minha vontade me dita. O que não é dificil que a vontade é 0.

sem-se-ver disse...

ok

fico mais descansada :)

gaija do norte disse...

iso, isso. deixa o filme para depois...

monólogo da pilinha disse...

Mas os livros que nos deram a ler em piquenos... era tudo mentira?
Um gaijo cheio de sono e a ter que inventar assunto porque as gaijas ficam carentes e mainãoseioquê e afinal é tudo treta?

shark disse...

(Ganda posta, Gaija!)
:)

Mente Quase Perigosa disse...

Há tanta coisa que ensinam aos meninos quando eles são pequeninos que está errada.

Por isso é que eu digo ao Junior que durma... Durma muito!

gaija do norte disse...

"as gaijas ficam carentes"
ai pilinha, pilinha, tens tanto para andar...

gaija do norte disse...

:)
não sei corar, peixão...

gaija do norte disse...

(vou ter que educar o gaijito morcego como deve ser! bem lembrado, peixa.)

monólogo da piroca disse...

(Ainda estou em choque. Atão um gaijo até mete palitos nuzólhinhos pra dar palheta à donzela e afinal elas querem é ferrar o galho como nós??? Isto vai dar trauma de certeza. E não é nas clavículas...)

gaija do norte disse...

ó não sei quantos da pipoca, o teu mal são as donzelas! mete-te com gaijas e vais ver o descanso que é...

ritmargaride disse...

mas antes de dormir um cigarrito (que ninguém é de ferro)

gaija do norte disse...

essa do cigarrito é mesmo de gaija e nunca falha!

sem-se-ver disse...

pois não :)

calamity jane disse...

Pois parece que me lembro de qualquer coisa assim, parece...

o híbrido de serviço disse...

Essa do cigarrito é mesmo de gaija??? Estou feito ao bife...

Mente Quase Perigosa disse...

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, Hibrido...

podia dar-me para pior disse...

A minha muda. Tenho cada vez mais...
:)

gaija do norte disse...

híbrido, as gaijas são umas malucas! qualquer dia apanhas uma a beber cerveja...

gaija do norte disse...

mudam? como mudam? têm data marcada? e prazo de validade?

gaija do norte disse...

parece? pois...