CHOCOLATE

E aqui anda uma Peixa triste, sozinha, farta de estudar, carregadinha de carências… E, principalmente, a saber que algures por aí foi feita uma mousse especialmente para ela. E o que é que acontece? Nada! A mousse lá está, sozinha como a musa que a inspirou, e eu aqui estou. Que é como quem diz: a boca cheia de pastilhas de menta e ninguém para beijar.

Salva-me o geladito que o Santo – no Encontro Nacional, mais parcimonioso com as suas t-shirts – carinhosamente depositou no meu congelador.

Tu és realmente digno do nome, Santo…

29 comentários:

Xica disse...

ninguém toca é tua!

tereza disse...

Diz isso à tua queridinha que é a única que está a comer...

calamity jane disse...

Tá mal. Tá mesmo mal. Lá vou eu ter de ir ver o que se passa no congelador...

bruce o disciplinador disse...

Ninguém para beijar, Peixa? Que curiosos métodos de estudo...

tereza disse...

Gelo?

Mente Quase Perigosa disse...

Oh Xica, vê lá se queres que te desperdoe?

Mente Quase Perigosa disse...

CJ tu vai, mulher. Tu vai...

Mente Quase Perigosa disse...

Bruce, aqui entre nós há que arranjar ânimo. Posso,por exemplo, dizer-te que já ensinei a fiscalização da inconstitucionalidade com metáforas de strip-tease.

Mente Quase Perigosa disse...

Gelo na mousse, Chefa?

tereza disse...

e as regras supletivas, Peixa, as regras supletivas e as pernas de uma mulher...queres melhor metáfora?

Mente Quase Perigosa disse...

Viste, Bruce? A Dótora é um portento. É com ela que eu aprenda as cenas das metáforas nos estudos...

shark disse...

Metáforas de strip? Essa matéria até eu marrava...

Mente Quase Perigosa disse...

(Ele chumbou Shark. Alegou que chegado ao exame só se lembrava de matérias de lap dance e nada de concreto ou sucessivo...)

shark disse...

(Bem, antes isso do que passar pela vergonha de levar cábulas para defender essa metáfora em concreto. Digo eu, que sou um perito na matéria. Na matéria das cábulas, bem entendido...)

elle disse...

se eu fosse a ti deitava fora as pastilhas de menta...

tereza disse...

olha Peixa eu fiz Direito do Trabalho num exame escrito às nove da manhã porque por volta desta hora me foram levar a casa uma amêndoa amarga para dar o tal ânimo. Pergunto portanto, precisas de alguma coisa?

Mente Quase Perigosa disse...

Ai Chefa... Sua maluca provocadora...

elle disse...

tu nao nao lhe fales em amêndoa amarga que ela ainda se lembra de ir buscar o alvarinho.

tu tá-me caladinha...

Mente Quase Perigosa disse...

Tás safa, Elle, que eu deixo o Alvarinho sossegado.

Deito as pastilhas fora porquê???

calamitoso jr. disse...

Já fui. Que pensas tu que andei a fazer desde as 00h36?

(além de estar a ensinar tudo sobre blogs ao Calamitoso jr...)

(sim, it is I, CJ)

Mente Quase Perigosa disse...

(Claro, Bruce. Das cábulas, claro.)

Mente Quase Perigosa disse...

Tu não me digas que agora vais começar a comentar como Calamitoso??? Olha que isso é capaz de dar azo a algumas confusõezitas...

tereza disse...

E quando o Calamitoso aparecer como CJ???

Mente Quase Perigosa disse...

Prevejo graves crises de identidade, Chefa.

tereza disse...

Olha lá Bruce, a Gaija já tem net ou ainda está a mandar os senhores trongalhondarem-se?

tereza disse...

(eu só quero saber é como o Lucky Luke reagirá ao Billy The Kid)

Peixa com demasiados livros à volta disse...

É:

trongalhondarem-se

ou

trongalhongarem-se?

tereza disse...

Peixa de trongalhonguices não percebo nada e também não te esqueças que sou aquela que começou o dia com o a "taice de folha" e não consegui desembrulhar a frase....

calamity jane disse...

É que o puto é novo por estas andanças e estava a mostrar-lhe como se faz (como se eu soubesse...)