SERENDIPITY

Ora se toda a gente amanda post(a)s acerca do(a) lucky leitor(a) 100.000, eu, rapariga opiniosa como sou, apesar de andar de biquinho calado, sinto que é chegada a hora de meter a colherada (salvo seja).

Toda a gente sabe que eu sou uma miúda sossegada (o que traduzido em cabronês, significa que a faço pela calada) e andava aqui sossegadita a coleccionar capicuas. Já tinha a 88088 que a Chefa tanto invejava. Deixámos ambas escapar o 88888 e suspirávamos pelo 99.999. Mas depois aquela que manda em todos nós decidiu lançar o tal do concurso e eu decidi que era arriscado perseguir o almejado prémio da capicua. Passei então a evitar a abertura do Cabra de Serviço. Porque ao fim ao cabo, toda a gente sabe que eu não sou gaija de andar aí a escrever posts a torto e a direito.

Ontem a meio da tarde, vejo que faltava menos de meia centena de visitas para o tal do 100.000. Ao fim da tarde, segui a minha rotina, fui buscar o Peixinho, brinquei no parque, fiz o jantar, jantámos e… E aí decidi ir ver se já tinha sido batida a meta estabelecida.

Toda a gente sabe que eu não sou miúda de sortes, que não sou… A minha alcunha a faculdade era CCC pela minha especial capacidade de atrair todo e qualquer Cão, Criancinha e/ou Cromo no raio 2 kms ao meu redor.

Talvez seja melhor abreviar porque isto não é algo de que eu me orgulhe, portanto…

Eu tinha o kpk e queria o 99999 para irritar a [olhos.jpg] mas como ‘só para mim anda o mundo concertado’, veio lá o tal do destino e em vez de irritar a teste1, sai-me a rifa do [ViscondeVilaConde.jpg]. O que traduzido em miúdos, significa que a sacana da taça ficou em casa. A bem dizer, em vez da ironia de abrir o Cabra e ver 100.000 no ecrã, eu merecia mesmo era a ironia de ganhar hoje o euromilhões (Não, Visconde, não é, definitivamente, a mesma coisa. Antes que comente…).

No entanto, toda a gente sabe que posts já eu faço amiúde e em indo jantar com o Senhor, arriscamos a não passar das entradas que o Senhor não é propriamente famoso pela sua extraordinária duração de bateria quando posto na presença das suas ‘irmãs’ e não inclui a sobremesa no jantar. Ora, eu não fumo cohibas antes da sobremesa.

Agora, eu tenho uma rifa premiada, e há que descalçar esta sandália de 10 cms que eu sou uma senhora e não janto de botas.

Alguém tem que levar o prémio (relembro que o prémio é o post no Cabra). Alguém tem que levar o castigo (é fazer as contas…).

What to do? What to do?

9 comentários:

tereza disse...

Peixinha, aguenta-te à bronca que já te atendo. Tenho a júnior a ferver em febre e estou a trocar piropos com o senhor da linha Saúde 24 variante A. Acho que vamos acabar a jantar...

shark disse...

Eu ajudava nas sevícias, mas o visconde já dispensou o meu apoio logístico...

Gabs disse...

Vais ter de ir ao castigo, parabéns, Peixa!

Peixa Quase Mas Só Mesmo Quase Perigosa disse...

O que eu já te disse em sede própria que acho mal, Bruce!!!

(mas a Chefa já considera a cena do speed dating uma boa ideia...)

Peixa Quase Mas Só Mesmo Quase Quase Quase Perigosa disse...

Das-me os parabéns por ir ao castigo???

Queres falar, Gabs?

gaija do norte disse...

(ó peixa maria...não disseste... que sofres de uma maleita que se pega?...)

Visconde de Vila do Conde disse...

Mente, lamento. Deveras...

Mente Quase Perigosa disse...

(Gaija, sofro??? Sofro de muitas mas não me lembro de nenhuma que se pegue...)

Mente Quase Perigosa disse...

Não lamente, Visconde. Não é nada que me impeça de viajar ou de gozar as coisas boas da vida.

Mas registo a sua consternação com as minhas maleitas eventualmente pegajosas!

(Esta cena da globalização é fixe. Os Senhores já nem precisam de 3 dias. Bastam umas horas!)