O mundo como eu gostava que fosse.

Vi duas únicas entrevistas políticas neste tempo de campanha. As que o Ricardo Araújo Pereira fez ao Sócrates e à MFL. Não vi mais nada e tirando este esmiuçar dos Gato não tenciono perder um minuto que seja do meu tempo a ouvir trovas do vento que passa.

Grandes programas ideológicos? Debates de ideias? Promessas, montes de promessas? Valem o que valem, zerinho, depois do votito lá cantar.
Gosto de pormenores. Sempre gostei. Estou-me nas tintas para o ramo de flores no dia dos meus anos mas um molhe de couves quando estou a fazer cozido sabe-me pela vida.

Ontem, e hoje, dei-lhes o benefício da dúvida e fui espreitá-los. Um e outro estavam num programa de humor. Eles sabiam, tinham obrigação de saber, que ali o riso era quem mais mandava. Não foram capazes de rir. Não foram capazes de nos fazer rir. E isso não lhes perdoo. Pormenores.

E era fácil, tão fácil, terem apanhado o meu voto.

Cenário 1

Sócrates entrava no estúdio com dois gajos armados em gorilas e ameaçava o RAP que lhe batia logo ali se se atrevesse a dizer mal dele ou, na melhor das hipóteses, falava com o Balsemão e ele era despedido.
KO, Sócrates ganhava.

Sócrates levava um Magalhães para o RAP com a música do Santo Magalhães instalada.
KO, Sócrates ganhava.

Cenário 2

MFL deixava em casa o fatito de caqui a armar ao pingarelho, vestia um tailler da Chanel com camisa de laço e punha o ar mais tradicional possível. Na lapela levava um autocolante a dizer "Faque iu"
KO, MFL ganhava

MFL respondia ao RAP, quando ele lhe perguntou se podia ter um desconto no IRS por ser cliente habitual, que sim, claro, isso era simplex.
KO, MFL ganhava.

Eu, pelo menos, votava neles. E nos dois, se fosse possível. É que eu, tontice minha, prefiro a coragem à pose e até agora, tirando o maluco do João Jardim mas nesse já é a coragem dos tontos, ainda não vi ninguém que os tenha no sítio.

37 comentários:

gaija do norte disse...

já podias ter dito! teria sido muito mais fácil oferecer-te um molho de couves no aniversário...

shark disse...

Pronto, lá tenho eu que iniciar uma carreira na política partidária...

shark disse...

(também servem das de bruxelas, chefa?)

gaija do norte disse...

já estás a ver se arranjas pouso no estrangeiro?

das tronchudas! um enorme molho de tronchudas!!!

shark disse...

Qual estrangeiro qual carapuça! As de bruxelas são mais piquenas e como aquilo se vende ao peso...
anda uma crise do caneco e as couves estão quase ao preço das begónias.

Mente Quase Perigosa disse...

Couves de Bruxelas é do piorzinho, Bruce! Detesto couves de bruxelas!!!

Blhhack

shark disse...

Ó Peixa, queres agora queres arranjar-me sarilhos ca chefa???
(eu também, mas o apelo da poupança...)

Mente Quase Perigosa disse...

Eu estava a falar de couves de bruxelas para comer.

Um molho de Couves de Bruxelas equivale a um buquê de botões de rosas!!! A Chefa deveria ficar lisonjeada com tal oferenda!!!

Mas depois não me convidem para as comer!!!!

gaija do norte disse...

não percebes mesmo nada de ecónomia! as couves de bruxelas, além de horríveis, são caríssimas. são piquenas mas são pesadas...
as tronchudas, que nascem em qualquer horta, são muito mais viçosas e saborosas!

gaija do norte disse...

deixa, peixa, eles fazem um jantarinho catita para os dois só de coubes de bruxelas...

(CANOIJO!!!)

Mente Quase Perigosa disse...

(CANOIJO mesmo! Nós aproveitamos e fazemos um cozidinho com as tronchudas! Ou um bacalhau com todos)

shark disse...

(eu quando passei uns tempos por Bruxelas não me lembro de ter comido couves, agora que se fala nisso...)

shark disse...

Ah, e gosto mesmo muito das tronchudas!

CybeRider disse...

Se algum deles tivesses essa elasticidade intelectual eram comentadores do Cabra...

gaija do norte disse...

não te estejas a fazer às tronchudas que ficam com as bruxelas!

peixa, até me cresceu águinha na boca...

shark disse...

Elasticidade onde, Cy?

shark disse...

as de bruxelas, Gaija? mas eu olho para ti e só me ocorre a couve-flor...

CybeRider disse...

O Sócrates e a Sinhora Velhota...

Pra fazerem alguma das coisas que a Tereza enunciou no texto.

(Essa elasticidade)

shark disse...

Não sejas injusto para com a Sinhora. Ela é elástica à brava na língua. De cada vez que a usa parece uma fisga...

gaija do norte disse...

tá béin, brócolo...

CybeRider disse...

Azar nosso! Que se fosse como agulhas elas lá ficava sogadita a tricotar as camisolas e a malta sempre encarava o processo eleitoral de outra maneira.

shark disse...

Um partido capaz de permitir que o Santana chegue a PM nunca vai permitir que a malta encare o processo eleitoral sem um sorriso de escárnio...

shark disse...

bróculo? tá bem, não é tronchudo mas é frondoso...

tereza disse...

IMPORTAM-SE DE NÃO ME BARALHAR QUE SOU UMA SENHORA DOENTE?

Abri esta caixa e voltei a fechar uma data de vezes. É que via 21 comentários e achava que estava enganada. Que vos deu hoje, foi das couves?

tereza disse...

Gaija, couves nos aniversários só se estiver a fazer cozido

(e as flores só reclamo se for um gajo a oferecer...)

tereza disse...

Shark, onde ponho a cruz para votar em ti?
Era certinho.

tereza disse...

Cy, parecias o João Soares...
(mas essa coisa de pôr a outra senhora a fazer tricot parece-me uma boa ideia)

shark disse...

Podes pô-la onde quiseres, Chefa, que eu deixo.

tereza disse...

Peixa, estou contigo. De todas as couves as únicas que não me seduzem o palato são as de Bruxelas.
(será uma questão de tamanho? será que, nas couves, o tamanho é importante?)

shark disse...

(chefa, tu livra-te!)

tereza disse...

De te pôr uma cruz? Achas que ensandeci de vez, gaijo?

(mas olha que te comprava um carro usado. para baby sitter é que já não sei se te contratava... (sim, ando a ver os inquéritos da TSF))

Anônimo disse...

hum, até fiquei augado, também sou gamado em tronchudas.

sem-se-ver disse...

eu, pelo contrário, achei-lhe imensa piada, teve graça sem dar graxa ao rap (contrariamente ao socrates), nao aproveitou para fazer propaganda descarada (contrariamente ao socrates), esteve razoavelmente a vontade tendo em conta algum tempo de espera antes de responder as perguntas, o que se compreende mt bem - uma resposta disparatada ou sem ser humoristica, como se esperava,(como algumas do socrates) seria um desastre (como foi para o socrates). nao esbocei nem um sorriso com socrates, ela fez-me gargalhar. e ao rap, cujos risos foram espontaneos e o surpreenderam a si mesmo. porque foi isso que aquela senhora foi: surpreendente.

(à-vontadinha para dizer tudo isto, insuspeita como sou - como assumi ser dd aquela caixa de comentarios la atras - de nutrir alguma simpatia politica por ela ou sua familia politica.)

mas há que se ser objectivo...

sem-se-ver disse...

(embora suspeite que agora é que o z se convence mesmo que sou ppdolas)

tereza disse...

Também eu, Z mas dessas por aqui não lhes ponho a vista em cima.

tereza disse...

SSV, entre os dois venha o diabo e escolha mas a mulher irrita-me mais. E não, não consegui achar-lhe graça. Achei mesmo que estava a fazer um enorme esforço para estar ali mas campanha obriga.

sem-se-ver disse...

ahhhh mas isso sao todos, pensas que foi so a srª a fazer esse esforço??

foi como aquela coisa do 'como nunca ou viu' ou la como se chamava