NAS SUAS MÃOS

Aqui há uns dias, dei aqui um exemplo prático de uma coisinha que deixa uma mulher completamente em êxtase. Que a leva ao céu e mais além.

Como toda a gente sabe, eu sou amiguinha e gosto de deixar as pessoinhas felizes. Como tal, vou, desta feita, dar um exemplo de algo que deixa efectivamente uma mulher em estado efervescente. Eu diria até que é coisa para a fazer perder, irremediavelmente, a cabeça.

E como vou entrar em pormenores, talvez seja melhor recostarem-se, porem-se confortáveis, levem logo a garrafinha de água e descalcem os sapatitos.

O cenário é simples e despretensioso, como a maioria das coisas de bom gosto. Basta uma cadeira preta de massagem, nessa cadeira uma mulher deitada. A cabeça apoiada para trás. Por trás dela, uma inglesa gentilíssima, massaja-lhe o couro cabeludo com uma máscara qualquer para os cabelos.

Enquanto a cadeira massaja o pescoço, as costas e os glúteos, a inglesa pressiona os dedos na cabeça na medida certa. Não é uma carícia mas não é uma agressão: é a pressão correcta que conjugada com a cadeira, faz com que a mulher queira ali ficar para sempre de olhos fechados e a ouvir a música calma e baixa.

De repente, a jovem deitada na cadeira sente-se observada. Sente a pressão dos dedos na sua nuca a alterar. Abre os olhos e vê-o de pé ao lado da cadeira. Os olhos dele fixos nela. Vê-o a entreabrir a boca num sorriso e sente o estômago agitar-se.

Porque raio é que quando uma gaija decide tirar a hora de almoço para se enfiar no cabeleireiro de um SPA, aparece sempre alguém que sofre de diarreia verbal e acha que é uma excelente ideia falar com a gaija? Será que é assim tão difícil perceber que esses minutos são sagrados? Nós estamos deitadas de olhos fechados! Temos gaijas e/ou gaijos a massajar-nos! Não! Não precisamos de companhia! Não! Não queremos analisar a prestação da Manuela Ferreira Leite no Gato Fedorento! Se quiséssemos conversa tínhamos ido com algum amigo ou colega almoçar! Não estávamos deitadas com ar de deleite numa cadeira que nos faz felizes!!!!

Se querem ver uma mulher em ebulição é esperar que ela acabe de lavar o cabelo e lhe comecem a massajar o couro cabeludo e comecem a falar com ela! Talvez ela seja educada e não vos mande para a quinta pata do cavalo, mas por dentro acreditem que ela vos está a atirar com todas as asneiras de que se lembra e a engendrar formas de vos cortar o corpinho em 1000 pedaços e depois atirá-los ao mar!

19 comentários:

shark disse...

Ainda estou ca cabeça às voltas a tentar entender as contas na etiqueta...

sem-se-ver disse...

tu e eu, shark, tu e eu!!!!

Mente Quase Perigosa disse...

Bruce, eu estou aqui para vos satisfazer todas as vontades e explicar tudinho!

€44.000 (por ano) : 12 (o ano tem 12 meses) = €3.666,66666666666666666 (por mês)

€44.000 : 12 = 3.666,666666666

O que arredondando dá cerca de 3.670.

Mente Quase Perigosa disse...

(E onde se lê a 'ex dela', deve ler-se a 'ex dele')

Mente Quase Perigosa disse...

(Chiça, pá, a Jennifer Anniston!)

shark disse...

Não reparei na parte final da etiqueta, o que é estranho sendo tão piquena e assim...
Quanto à "ex dela" não me fez qualquer confusão.
Obrigado, Peixa, por me teres poupado a um esforço mental que na minha condição poderia revelar-se temerário.
:)

tereza disse...

Caraças, querem parar com a matemática e os arredondamentos? Tenho estado até agora enfiada nos TPC's de mat. da Xica!

gastroenterologista amador disse...

(A Jennifer Anniston defeca notas de 500?)

Mente Quase Perigosa disse...

Bruce, em que condição estás?

Mente Quase Perigosa disse...

Porque é que ninguém lê os posts e toda a gente lê as etiquetas com olhos de falcão?????

Mente Quase Perigosa disse...

(Se ela defeca notas de 500... Ia dizer que... Mas, não, nem assim...)

shark disse...

Qual toda a gente? Eu leio as etiquetas com olhos de tubarão.

tereza disse...

E eu leio os post... Não sei se toda a gente lê mas vou fazer uma experiência. Querem ver?

gaija do norte disse...

bem, peixa maria, como já falamos da cadeirinha sublime e do encanto dos tais minutos só para nós em off, vou ali meditar e tentar perceber o que é gastar três mil e tal euros por mês seja no que for. espero regressar ainda este mês...

shark disse...

(a propósito: não te esqueças de registá-lo!)

gaija do norte disse...

(as voltas que me obrigas a dar ao pinsamento... estou exausta!)

shark disse...

Atão e a experiência, Chefa?

Mente Quase Perigosa disse...

(A Chefa decidiu primeiro experimentar nos pequenitos e depois passa para os granditos, Bruce.)

Mente Quase Perigosa disse...

Gaija, 3 mil e tal euros por mês só para esbanjar... Ai ai...

Sonhando...