«Deixai vir a mim os pequeninos; NÃO OS IMPEÇAIS» (Lc 18,16)"

E eu, que não quero ser impecilho para ninguém, muito menos para os pequeninos, abri-lhes as portas. Como não vieram, fui procurá-los. Deu trabalho, que como se sabe os pequeninos são de tamanho reduzido e difíceis de encontrar a não ser que não tenham grandes por perto para lhes dar umas lapadas na cara e façam muito barulho.

Enfim, foi complicado, mas encontrei-os todos, muito sossegadinhos e organizados, na CNE. Não, esta CNE não é o Corpo Nacional de Escutas apesar de por aí também se encontrarem pequeninos, mas eu estava à procura de pequeninos que querem desatar nós e não de pequeninos que ainda estão a aprender como eles se fazem.
Assim, estava eu dizendo, fui ali à Comissão Nacional de Eleições saber por onde andavam os tais pequerruchos e encontrei-os lá a todos, misturados no meio dos grandes e com ar de pessoas crescidas. Um a um, para vos poupar a algazarra que a miúdagem faz quando se junta, vou trazê-los até aqui e começo por um dos meus preferidos, o Portugal pro Vida que até tem um blog e tudo e já me deu, as crianças são generosas, o título para este post.

O pro Vida, como qualquer puto que se preze, apresenta-se pela diferença e fica tão giro nas pontinhas dos pés e de dedo em riste a dizer a quem consegue ouvir-lhe a vozita infantil e engraçada:

Certíssimo e confirmadíssimo. O pro Vida não tem uma morada em Lisboa, o pro Vida é de Paredes e isso, acredito, muda tudo na política nacional.
Podia até dizer que estávamos conversados mas vou dar um bocadinho mais de tempo de antena ao catraio. É que parece que tem-lhe sido difícil escolher as frases para a campanha, os miúdos são assim, indecisos, e pediu a nossa ajuda. Ficam aqui, no Cabra, onde também gostamos da boa vida que é quase o mesmo que a vida boa do pro Vida, as opções possíveis. Pedia-vos o imenso favor de reflectirem nelas e de seguida irem lá, ao blog do pequenote, pôr uma cruzinha na vossa preferida. Eu aviso já que me vou bater para que ganhe a número 2.

ao votar, NÃO TRAIA A SUA CONSCIÊNCIA
na cabina de voto, DEUS VÊ-TE!
aborto não - APOIO À MATERNIDADE
DIREITO À VIDA, no princípio e no fim
«Deixai vir a mim os pequeninos; NÃO OS IMPEÇAIS» (Lc 18,16)
por um ESPÍRITO DE NOVIDADE
pela PAZ NA TERRA
pela ALEGRIA E ESPERANÇA
por uma CARIDADE NA VERDADE
pela VIDA HUMANA




7 comentários:

Mente Quase Perigosa disse...

Eu sou fã da nº 2 mas confesso que a 4 me delicia...

Será que os senhores arranjaram maneira de pedir prorrogação de prazo ao Divino? É que direito à vida no inicio ainda entendo. Agora no fim...

Mente Quase Perigosa disse...

As últimas 5 fazem-me lembrar os discursos das misses... E eu gosto disso!

Vou esperar pelos próximos mas estes estão quase a contar com o meu voto!

tereza disse...

Peixa, eu acho que podes votar nelas todas. Eu percebo a tua indecisão, miúda.

tereza disse...

Espera pelo próximos sim, mas não te esqueças que na cabine de voto Deus vê-te!
(só não sei se leva caneta que te possa emprestar)

Mente Quase Perigosa disse...

A tua sorte é que Deus só te vê na cabine de voto. Se ele te visse na tua cadeirinha, com essas piadinhas estavas tramada!!!!!

gaija do norte disse...

acham que eles iam na conversa de alterar a das crianças para:
deixai IR os pequeninos, não os impeçais!
é que já não tenho idade, bálhamedeus!

O Santo disse...

podemos dar palpites? e usar outras passagens biblicas e assim?
o premio é o q? um jantar com alguem asim.... conhecido??