Supermodels


Só boas notícias. Um carro despistou-se contra a loja da bomba da gasolina na Mealhada. O Mourinho em fluente italiano desanca os clubes do calcio. A viúva de Nino Vieira (que foi morto à catanada em casa, onde ela também estava...) afinal não faz tenção de pedir asilo a Portugal , a Carolina leva bofetada e é chamada de "badalhoca!" à porta do tribunal, onde foi testemunhar e vai ao hospital... A chuva voltou e o vento.
Ontem estivemos a ver coisas mais divertidas, o "Supermodels" na Sic Mulher. Seis rapazes e seis raparigas, que querem ser modelos, numa casa em Londres, vão sendo sujeitos a provas e eliminados semana a semana, por votação do público. Ontem uma das provas era tirarem fotos com uma tarântula na cabeça, ou no ombro... A uma calharam-lhe baratas e desmaiou... Outros aguentaram um escorpião e uma lesma gigantesca... Sim, nunca se sabe o que lhes poderá ser pedido pelos fotógrafos das revistas, têm de provar que são capazes... Depois no quarto pôem-se a jogar à verdade e consequência e uma recusa-se a fazer a consequência, chama anormal ao outro e ele "slut" a ela, que se vai embora e ele ainda atira "go slit your rists!". Simpático, o Waz...
Claro que a outra, Kerrie, é uma chorona dramática (mas aguentou a tarântula no ombro....).
Os nomeados são o Waz (giro mas meio parvo), a Kerrie (gira mas chorona), o James (gay assumido, que mal fala aos outros rapazes) e a Anya (africana típica). Sai a Kerrie, (contra a opinião do jurí de fotografos e agentes) e o James. Agora dos restantes, eu votava para ganhar, no Albert (uau...) e a Maryanne (sueca...), acho que têm aquele ar vazio que fica sempre bem nas fotos e passerelles. Eu tenho uma amiga que tem um irmão assim. Ficava ali calado a parecer profundo e interessante. Ela dizia que ele estava a pensar se não teria vestido as cuecas ao contrário... Mas há Supermodels que têm um brilho nos olhos, e dedicam-se em paralelo ou depois, a outras actividades, na moda, ou não.
A Reality TV distrai-nos das questões fracturantes da sociedade, e impede-nos de nos rebelar-nos violentamente. Isso e as telenovelas, e o futebol...
Ah, esqueci-me de acrescentar que a Rachel Hunter faz parte do júri.

6 comentários:

Vekiki disse...

Podes crer :)
O melhor é mesmo sair do real, nem que seja por momentos!
É o que eu faço todas as noites, depois de durante o dia me expôr voluntariamente às notícias do real.
Começa a não existir pachorra para tanta desgraça...
Bj

Gabs disse...

;-) Pois é, escrevi isso quando estava a ver nas notícias a cadeira e o sangue e a catana, onde forçaram N.V a sentar-se...
Poupem-me. Não preciso de ver, acredito.

teresa disse...

E eu não vejo! Faço como a Veikiki, televisão é só à noite para adormecer no sofá com o CSI...

Rachel disse...

Xiça!
E não é que eu fiz o mesmo?
Depois de ver a equipa de repórteres especiais que mandaram com um sobrinho a casa do tio Nino, com catanas e sangue e buracos de balas por todo o lado, depois de ver que um senhor morreu enquanto levantava dinheiro no multibanco atropelado por um carro desgovernado, depois de ver que mais um empreendimento faliu no Algarve e etc etc etc, mandei-me para a sic mulher, mas já só apanhei o James a chorar como uma Madelena...

Bom, mas o episódio do CSI foi porreiro, pá.

Vekiki disse...

Eu estive no Irmãos&Irmãs e no Lipstick Jungle (este não chegou ao fim...adormeci antes!).

Gabs disse...

Eu vi no das 8h e o Supermodels foi praí às 10 H e tal... Cá entre nós, aquele James e a Kerry estavam convencidos que íam ganhar aquilo, bem feita!
Tb vi o Will & Grace que deu antes. E os "2 homen e meio" na 2.
Tudo que me limpe a mente.Tal qual papel higiénico...