Como se diz filho da mãe com outras letras?

A história é horrível, mas resume-se muito depressa.
Uma menina de nove anos, violada desde os seis pelo padrasto, engravida. Gémeos, dizem os médicos. E dizem também que a menina, mau grado a partida do destino, não está suficientemente desenvolvida para poder levar uma gravidez destas até ao fim e corre perigo de vida. Mesmo que outras razões não houvesse esta era de monta e o aborto foi feito.

E agora? Agora um tal de José Cardoso Sobrinho, Arcebispo de Olinda e Recife e autoridade máxima dos católicos de Pernambuco diz que os familiares da menina que autorizaram e os médicos que fizeram o aborto devem ser excomungados.
Eu estar-me-ia completamente nas tintas para esta excomunhão, que efeitos práticos não deve ter nenhuns, não fosse revelar a enorme filhadaputice de quem assim fala.
Como, mas como, se consegue respeitar uma Igreja que não enfia de imediato um soco no meio dos olhos a um sacana destes?

16 comentários:

Kakia disse...

:S

Anônimo disse...

eu excomungava era o bispo e já!

teresa disse...

Há-de ser difícil...

Mente Quase Perigosa disse...

Uma gaija até fica sem palavras.

Chego a achar o bispo mais asqueroso que o padrasto. Ou não...

Ok, estão empatados....

Vekiki disse...

Mais uma vez, a Igreja no seu melhor :(

AnaT disse...

Realmente quando pensamos que vimos tudo, estamos sempre a ser surpreendidos (pela negativa!...)

Anônimo disse...

Mas podes experimentar PQP (putaqueopariu) apesar de um gajo destes devia ter respeito pela Mãe que o pariu e teve que vender o corpo para o criar... ela é que não merece o filho que teve, dasss!

Anônimo disse...

difícil? Eu já ratifiquei que ele se excomungou a si próprio, retirou-se da comunhão, tivesse pudor e não falasse no mínimo,

gaija do norte disse...

deixa-os andar... muitas vezes estas acções de merda têm o poder de abrir os olhos a quem insistia mantê-los fechados. onde é que estes gajos da igreja, estas bestas, têm a cabeça?

(eu podia dizer, mas este respeitável blogue é frequentado por pessoas a quem não é preciso dizer tudo e que sabem o que uma gaija do norte diz numa ocasião destas!)

teresa disse...

Gaija, não fiques entalada com nada.

nem no xadrez os gramo disse...

(Mas afinal estão as duas com dor de dentes? Feitiozinhos...)

escarlate.due disse...

eu diria: graças a deus que excomungou, olha que sorteeee, irraaaa, quem é que quer fazer parte duma igreja assim??!!

Emiele disse...

Um nojo!!!
Um nojo tão grande que esta atitude pode ter até um efeito boomerang e atingir a própria Igreja. É uma péssima propaganda.
Acredito (ou quero acreditar) que os excomungados se estejam a borrifar com a excomunhão, salvaram a vida da menina. e também acredito que haja por aí uns católicos que perante esta história comecem a questionar se afinal a Igreja terá sempre razão. pode voltar-se o feitiço contra o feiticeiro.

Susete Evaristo disse...

É esta a fé que apregoam são estes que se dizem os representantes de cristo na terra!!!!!!!
Espero que este (sem vergonha)não tenha nem nunca venha a ter filhas ou sobrinhas aliás este merda não merece ter familia.

tereza disse...

Susete isto é pôr as crenças acima dos homens, é esquecer o que os devia orientar.
Filhas? Claro que até têm, dava era jeito que não se soubesse que cedem aos pecados da carne...

MorTo Vivo disse...

Pois... é que nem sequer se me ocorre escrever uma unica palavra que não seja censurada. É mais importante excomungar a miuda os medicos e sei lá mais quem do que eventualmente foder a boca ao cabrão do pai e apresentar-lhe o senegales da vida dele, daqueles com uma de metro...