Se a Peixa faz eu não lhe fico atrás

Faço é o contrário.
Nossa Mente ofereceu-se para ser a receptora das vossas cartas. Eu ofereço-me para escrever uma carta a quem se voluntariar para a receber.
Garanto o classicismo da dita e a conformidade com todos os cânones porque experiência epistolar não me falta.

PS: a minha letra é legível q.b.

3 comentários:

Mente Quase Perigosa disse...

Tu não podes ver nada...

tereza disse...

Posso posso. Não posso é tocar.
Não era isso o combinado? E cumpri!...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Obrigado pela visita e pelo conselho, Tereza. Não vou esquecer, embora tenha uma predilecção pelas bem vermelhinhas.