LOUCA POR COMPRAS

Eu sei que vocês estão à espera – pacientemente, diga-se de passagem – que eu fale mesmo daquilo que interessa, mas eu no teste de Notariado, enquanto esperava que alguém me desse um lamiré da resposta a uma perguntinha que se me afigurava escrita em japonês tal era o grau da sua ininteligibilidade (oh pá, que bom é poder escrever palavras com mais de 4 letras e saber que vão entender o que estou a querer dizer!!! Hossana! Hossana!), aproveitei para escrever sobre uma coisita que me anda cá a incomodar e que não podia deixar de partilhar que eu sou mocinha generosa.

Mas que raio de moda é esta agora dos soutiens pretos por baixo de camisas brancas?

Eu sou pessoa de transparências. Que sou. Eu sou pessoa de andar despida vestida de forma algo vergonhosa (há quem lhe chame intimidante. Go figure…) em certas e determinadas ocasiões. Mas tudo tem o seu lugar e a sua hora. Querem brincar às transparências na night? Na maior! Fixe! Tamos nessa! Mas porque é que eu tenho que ver a vossa lingerie nos corredores da empresa? Acaso, ando eu a exibir a minha cueca da Hello Kitty a caminho da Contabilidade? Não ando, pois não?

Vamos lá ver se a malta se entende:

Night – Fazei o que bem entenderdes.

Com os amigalhaços - Fazei o que bem entenderdes.

Trabalho – Não me obriguem a ter que olhar para a vossa lingerie.

Reuniões - Não me obriguem a ter que olhar para a vossa lingerie.

Estamos acertados?

Então, ide lá mudar para um aparador de boobs cor de pele, se faz favor.

2 comentários:

tereza disse...

Diz-se "peito farto e generoso"... Não percebes nada de gajas...

Mente Quase Perigosa disse...

Pois não! Mas olha que elas gostam de mim mesmo assim. O que significa que no fundo, no fundo, eu sempre tive razão.

Dentro de mim, vive um homem. Só que é gay...