Irritações

Já devo ter perdido a conta às vezes que me chateei com coisas destas. É que está tudo muito bem previsto e organizado mas depois há o pormenor que lixa tudo. Malditos pormenores.
Telefonema da escola. Tinha de a ir buscar imediatamente porque estava com febre. 38,3. Ok, isso para ela é normal mas é melhor cumprir o protocolo que vá-se lá saber se é gripe ou não. A gaijinha aparece-me de máscara na mão, acho que na mão as máscaras ficam muito bem, e a destilar mau feitio por todos os poros. Parece que tentou explicar que as irritações, nela, têm imediatamente efeitos no termómetro e que estava muito irritada mas na enfermaria da escola ninguém a ouviu e o diagnóstico foi rápido - Gripe A.

Enfermaria da escola. Fantástico, não é? Até parecemos a Suécia, ou a Noruega, ou um país assim, desses que estão sempre no topo das melhores tabelas. O problema, o tal do pormenor, é que por aqui damos nomes aos bois mas não damos bois aos nomes e a enfermaria da escola tem um nome, uma sala, um termómetro, muitas máscaras e ... a funcionária do bar, que vai lá sempre que é preciso despachar mais um "enfermo". Isso mesmo, a empregada do bar também serve de enfermeira. E acho que foi até uma boa escolha porque podia ter sido o pessoal da cozinha já que a lógica parece ser a do quanto mais arriscado melhor. Mas pronto, foi a senhora do bar quem me diagnosticou a criança entre o avianço de duas sandes. E foi a senhora do bar, com um imenso treino em saúde pública, quem mandou a miúda para a sala de isolamento depois de lhe fazer aquelas perguntas corriqueiras a que todas as miúdas de 12 anos estão habituadíssimas a responder, principalmente quando lhes são feitas pela senhora do bar, porque é normal, digam-me que é normal, que a tipa que lhe vende as bolas de berlim lhe pergunte se está grávida. Aqui está, vindo da escola, um excelente exemplo de respeito pela intimidade dos miúdos. Vão longe, acredito que vão.
Mas pronto, que afinal eu até sei que isto não é a Dinamarca, a miúda veio para casa, levou com o paracetamol da praxe e comecei a tratar da logística. É que a tal senhora do bar tinha-lhe lido a sentença - sete dias em casa ou um atestado médico. Ah pois, o diagnóstico foi feito e se ela quer ir à escola vai ter de provar que não tem gripe (sabem aqueles símbolos da BD que significam uma cabazada de asneiras? considerem que acabei de pôr vários aqui). Ora bem, Centro de Saúde nem pensar que aí sim, arrisco-me a que venha para casa com gripe, portanto linha Saúde 24. Atendimento perfeito, como de costume, gripe afastada, como se previa, mas um pormenor, lá está..., a estragar tudo. "Que dosagem de Ben-u-ron lhe deu?" Sem fazer alarde respondi com um grama de paracetamol. Diz-me que é a mesma coisa. Deixo cair um seco "exactamente". Volta à carga com o Ben-u-ron. Devolvo o paracetamol e aqui já oiço um débil pedido de desculpas. De todas as outras vezes, até ao fim da conversa, que me foi atirado o Ben-u-ron para o colo mandei para trás devidamente corrigido e agora pergunto - a Neo-Farmacêutica patrocina a Linha Saúde 24 ou há aqui outra face daquelas que andam escondidas? É que não me venham com a treta de toda a gente conhecer o Ben-u-ron e muita gente não saber o que é Paracetamol porque se a razão para o uso de uma marca comercial é essa eu digo que Tylenol, Panasorbe ou Panadol não ficam atrás do Ben-u-ron em popularidade e fazem exactamente a mesma coisa.
Picuinhices minhas, eu sei, mas por alguma razão me dizem que tenho mau feitio.

3 comentários:

calamity jane disse...

Nem mais!
(no meu caso, o atendimento na saúde 24 destas vezes - Calamitoso JR e Mini CJ esteve longe de ser bom. Mandaram o puto para o Centro de Atendimento à gripe e a ela ao Hospital. No caso dele ainda obedeci. Fizeram-lhe o teste, demorou 4 dias e no fim, não tinha nada. No caso dela deixei-me ficar quieta. Cada pessoa q te atende diz uma coisa diferente, mais vale deixar-nos estar, e julgarmos por nós pps, digo eu de que)

Gabs disse...

Lá na escola há um termómetro a laser, que dá diferentes leituras segundo a sala onde é feita a medida da febre... O meu filho já tentou, mas não têve sorte, só deu 37,5 e nem me chamaram. Claro que quem mede a febre é também a D.Zé. uma auxiliar.

Gabs disse...

Estão bem, as pequenas, da gripe?
Ontem até me ri, fui levar a vacina da gripe A (asma), e a enfermeira disse para eu tomar Benuron ... Ah, e fiz as análises das alergias e sou apenas alérgica a pelos de gato. Tem graça não tem, realmente foi a partir daí que surgiu a asma, rinite alérgica, etc.