Se um desconhecido te oferecer sexo virtual isso não deve ser impulse.

Se um desconhecido me tentar saltar para a cueca eu percebo e até posso dar um jeitinho, se um desconhecido me tentar saltar para o disco rígido eu mando-o brincar com o seu próprio html em menos de um bit.

11 comentários:

calamity jane disse...

Então e se for um conhecido?

Teresa disse...

Em qual dos casos e conhecido como, biblicamente falando ou não?

calamity jane disse...

ambos os dois, já agora...

Teresa disse...

Estás a pedir muito, já agora.

Para um conhecido, biblicamente falando, não há firewalls, poderei é estar online ou offline conforme o que me apetecer.. E isto responde às duas perguntas.

Mente Quase Perigosa disse...

Mas sou só eu que me divirto com os ataques à firewall?

Eu acho sempre motivo de risada. Talvez porque tenha propensão para a comédia neste campo.

Teresa disse...

Tu queres estar calada, Mente Maria?

Fusão do Atomo disse...

Sexo virtual é meter o dedo na entrada USB?

Teresa disse...

Fusão, cada um faz com as entradas USB, e com o dedo, o que quer...

blackphoenix disse...

Sempre preferi os primeiros... se é para me saltar, ao menos que lhe possa passar a mão!

Teresa disse...

Lá está, é que é isso mesmo...

packard em rodagem disse...

ai, com esta deixa logo um gajo murcho...

; )