LAÇOS DE TERNURA

“The ties that bind us are sometimes impossible to explain. They connect us even after it seems that the ties should be broken. Some bonds defy distance and time and logic… Because some ties are simply… Meant to be.”

(Meredith Grey in Grey’s Anatomy)

Às vezes, ser mulher é uma seca. Muitas vezes, as mulheres são os piores inimigos de uma mulher. No entanto, eu não trocaria de género por nada do mundo. Porquê? Simples…

Este fim-de-semana, estava eu fechada numa casa de banho minúscula com uma gaija. Eu tinha acabado de sair do banho, ele passava-me um creme revolucionário acabado de sair no mercado no cabelo. O corpo dela colado ao meu enquanto me massajava o couro cabeludo (aposto que a esta altura do campeonato, já conquistei toda a audiência masculina deste blog… Como diriam os Black Eyed Peas: I gotta feeling…). A conversa versava em como deve ser difícil ser gaijo. Porque gaijo que é gaijo não pode fazer estas coisas com seus amigos gaijos que são gaijos. Gaijo que é gaijo, não passa cremes no cabelo de outro gaijo nem faz massagens no couro cabeludo. Gaijo que é gaijo não olha fixamente para o corpo de outro gaijo quando ele está de lingerie (okay, leia-se ‘o belo do boxer’ que gaijo que é gaijo não usa lingerie, obviamente) para opinar se aquele modelito irá surtir o efeito Katrina desejado. Gaijo que é gaijo não diz a outro gaijo: ‘Gaijo, tás bom comó milho. Eu comia-te…’

Às vezes, ser mulher é uma seca. Muitas vezes, as mulheres são os piores inimigos de uma mulher. Por isso, é que as gaijas, contrariamente à convicção geral, só têm meia dúzia de amigas que realmente consideram amigas. Só há meia dúzia delas que sabe tudo sobre elas. Só meia dúzia sabem ler os seus pensamentos sem que palavras sejam necessárias.

Mas essa meia dúzia… Digo-vos essa meia dúzia vale o seu peso em ouro. E toda a gaija sabe que, independentemente da burrada que fizer na sua vida, a sua meia dúzia vai estar lá para apoiar. Pode não concordar. Pode achar que a gaija está a cometer a maior burrada do mundo. Mas ao fim do dia, cada gaija sabe que a sua meia dúzia vai estar no fundo do penhasco, pronta para aparar a sua queda e, caso não haja aparadela possível, de certezinha que, pelo menos, uma delas levou um estojo de primeiros socorros.

16 comentários:

aires disse...

bom artigo...

simples,
analitico dos homes e das mulhés, com realidade e graça

abraço

tereza disse...

É isto que não gosto nas gaijas. Falam, falam, falam, mas o que é importante não dizem. Ele é muito amor, muita ternura, passarinhos a cantar, mil e uma considerações que não interessam nem ao menino Jesus e esquecem o essencial, o que realmente nos interessa saber. Cabe-me a mim o papel ingrato de chamar esta gaija à razão e de lhe fazer as duas perguntas que qualquer pessoa sensata, depois de ler este texto, quer ver respondidas:
1. COMO É QUE DESLOCASTE O OMBRO A TOMAR DUCHE??
2. NOME E PREÇO DESSE FANTÁSTICO CREME PARA O CABELO.

Cate disse...

True.

O Santo disse...

mas fazemos concursos pa ver quem faz o desenho mais giro na areia...
(mas tens razao, nada de eu comia-te, e sobretudo em plenos concursos)

sem-se-ver disse...

tiveste um lapso (sim, freudiano) divertidissimo logo no inicio do texto, reparaste? (nao, nao reparaste, nem, pelos vistos, ninguem): «Eu tinha acabado de sair do banho, ele passava-me um creme»

:)

mas deixa ficar, é giro.

qt à meia dúzia, é verdade. mas imagino que com os homens se passe o mesmo. e ok, até admito que eles nao estejam de peles coladas no duche a fazerem massagens aos couros cabeludos uns dos outros e a exclamarem 'tás tão bom que até te comia!' (sinceramente, nunca amiga minha me disse isso, pelo que, ou a) nao tenho amigas, pelo teu padrão ou b) nao sou assim tao boa como o milho), mas 'massajam-se' de outras maneiras, com palmadas nas costas, ver quem emborca mais bjecas, comparar tamanhos de pila e aconselharem gajas que já comeram. ou ficarem em silêncio a ver o mar. ou a pescar. ou a ler o jornal. ou estarem num frenesim á frente de uma tv com um jogo de futebol qualquer. ou a partilhar uma psp pra jogarem um qualquer jogo idiota. ou irem fazer escaladas juntos e partirem-se todos e acharem-se muito másculos.

etc.

ser homem também deve ser uma seca. mas também eles não o trocam por nada deste mundo. aposto.

calamity jane disse...

SSV, és mesmo das minhas, melher! Tb foi logo esse lapso que me chamou a atenção...

O Santo disse...

axo q e importante esclarecer:
pra ja todos os jogos de futebol são um acontecimento e nao devem ser referenciados como "qualquer".
os jogos da psp nao sao idiotas.
as escaladas nao sao juntos, cada um escala por si e os outros so servem pa ver como é rapido e eficaz em qq actividade.
e ser homem nao e uma seca, pelo menos nos concursos de bjecas (mto humidos, por sinal)

Gabs disse...

A Meredith Gray é uma esganiçada...
ou aquela que foi casada com o McDreamy? Prefiro o outro lá de baixo, apesar de ser um pouco parecido com o Leonardo di Caprio.

Sérgio disse...

Boas,

Todo o texto parte de um pressuposto errado.
Gaijo que é Gaijo não usa cremes no cabelo como tal jamais o aplicaria no cabelo de outro Gaijo.


Joaquim

Mente Quase Perigosa disse...

Aires, obrigada.

Mente Quase Perigosa disse...

Chefa, Chefa, Chefa... Sempre presa aos pormenores...

Pois quem sou eu para te desiludir?

1. Schwarztkopt Osis+ Twin Curl (a marca manda o cheque amanhã à ordem do Cabra). Mas só se estiveres decidida a assumir de vez o cabelo encaracolado. Eu assumi o caracol!

2. Sabes aquelas coisas que são imponderáveis e improváveis de acontecer? Foi isso que aconteceu no duche.

Mente Quase Perigosa disse...

Santinho, vou dormir com imagens bem másculas de homens desenhando na areia... Obrigada... A sério, muito obrigada...

Mente Quase Perigosa disse...

SSV e CJ, Freud é do camandro, minhas!!!! Mas vos garanto que não sei se trocava aquela ela por um qualquer ele assim muito facilmente.

Mente Quase Perigosa disse...

Santo, obrigada pelos esclarecimentos. Penso que falo por todo o auditório feminino quando digo que passámos a encarar com muito mais respeito essas actividades...

Mente Quase Perigosa disse...

Gabs, é a esganiçada.

Mente Quase Perigosa disse...

Sérgio Joaquim, Sérgio Joaquim, Sérgio Joaquim... Os teus amigos andam a enganar-te, man!!!!

Todo o gaijo hoje em dia usa cremes no cabelo. Eu arriscaria mesmo a a dizer que a maioria usa mais que nós.

Se põem no cabelo uns dos outros, isso é que já não sei. E mesmo que soubesse, não dizia que toda a gente sabe que eu não sou uma pessoa intrigante e não me meto na vida dos outros!!!

:p

(o meu fedelho de 4 anos depois do banho exige o seu creme do cabelo, quanto mais... Enganadinho... Andas a ser enganadinho...)